Saudade

Seu cérebro avisa que o mundo não tem fronteiras.
Uma hora é você que tá do lado de lá.
Feliz pelos novos amigos, novas experiências, novos amores.
Seu coração avisa que ele, sim, tem seus limites.
Bate apertado ao lembrar de quem ficou distante.
De repente, você está de volta.
Mas ela continua lá.
Saudade que dá nó na garganta.
Outra parte de você ficou para trás.
Você diz a ela que se aquete.
Vai seguindo em frente.
Até que o próximo ‘até logo’ chegue.
É hora de outro alguém fazer as malas.
E ela pulsar ainda mais forte no seu peito.

 

Gostou? Deixe seu comentário.
Já curtiu a página do Facebook: aqui.


Anúncios
Etiquetado

4 pensamentos sobre “Saudade

  1. disse:

    Que bonito. muito bonito. Bjo

  2. Julia disse:

    A saudade é a maior de todas as mágoas. ( do livro Desaforismos de Georges Najjar Jr )

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: