Arquivo da tag: #criatividade

Ócio criativo

Da caça à agricultura.
Do arado ao trator.
Da escada ao elevador.
Da carroça ao trem bala.
Dos telegramas ao celular.
Da calculadora ao computador.

O homem evoluiu.
Encontrou maneiras para
usar cada vez menos seu corpo e
poupar cada vez mais seu cérebro.

Assim, conquistou seu mais precioso recurso:
teve tempo para pensar e criar.

Sua lista de criações fantásticas é enorme.
Entre elas, estão a academia e as palavras cruzadas.
Para que elas servem?
Para exercitar seu corpo e seu cérebro.

Etiquetado , , ,

Doodles: o lado lúdico do Google

Fazer alguém de bobo: essa foi a origem do verbo “doodle” em inglês. A expressão evoluiu com o tempo, passando a ser associada à ociosidade devido aos esboços de desenhos, feitos enquanto se está distraído.

O Google, que de bobo não tem nada, mostrou que esse ócio pode ser bastante criativo. A empresa criou um novo significado para a palavra, que por sinal se aproxima muito do seu nome. Basta trocar o “g” pelo “d” e, pronto, “Google” vira “doodle”. Basta trocar alguns elementos da sua logo e, pronto, o objetivo site de buscas se transforma em um convite para a imaginação e a exploração.

 

101º aniversário de Akira Yoshizawa

 

102º aniversário de Burle Marx

A própria empresa de tecnologia conta que o primeiro doodle do Google nasceu de uma brincadeira com a marca para mostrar sua presença em um festival. Desde então, a “brincadeira” foi crescendo e se tornando cada vez mais “séria”. Hoje, os doodles são usados para celebrar datas comemorativas, aniversários, cientistas e artistas famosos e geram tráfego expressivo para as páginas em que estão associados.

 

Carnaval

 

Aniversário de Brasília

 

O que era apenas uma interferência visual, ganhou também interação, através de sons, vídeos e outros recursos. O que era para ser um meio, acabou se tornando uma atração principal. Os doodles atiçam a curiosidade e trazem humor, arte e conhecimento para milhões de usuários. Para os profissionais de comunicação, os doodles simbolizam uma visão menos engessada das marcas. É possível, sim, alterar uma marca, sem que ela perca força e reconhecimento, muito antes pelo contrário. Os doodles atraíram muitos fãs e consolidaram a marca Google entre as mais modernas e admiradas da atualidade.

 

Robert Moog’s 78th Birthday. Toque o instrumento.

 

Aniversário de Freddie Mercurys. Assista ao vídeo.

 

Confira o “Museu dos Doodles“.

 

 

 

Etiquetado , , ,

O dia em que a ideia perdeu o acento.

O sol surgiu por entre as montanhas. Parecia uma manhã qualquer. Engano. Alguém havia decidido que o agudo das ideias deveria chegar ao fim. Muitos ficaram preocupados, estariam elas perdendo suas forças? E o que fariam aqueles as tinham como matérias-primas? Bem, com ou sem acento, eles resolveram que era melhor seguir em frente. Continuariam transformando ideias em palavras, imagens, sons e movimentos. Afinal, a criatividade, essa sim, nunca perderá o seu assento.

Etiquetado , , ,